Para o topo
Clube Fone: (16) 2106-4366
Agora em Ribeirão
notícias Clube FM

Sete em 10 brasileiros admitem expressão preconceituosa, segundo pesquisa - #ClubeNotícias

publicado em: 09/10/2017

Sete em 10 brasileiros admitem expressão preconceituosa, segundo pesquisa

De cada dez brasileiros e brasileiras, apenas dois assumem ser racistas, machistas ou homofóbicos, mas sete admitem já ter feito alguma declaração discriminatória pelo menos uma vez na vida. "Mulher tem de se dar ao respeito", "não sou preconceituoso, tenho até um amigo negro" e "pode ser gay, mas não precisa beijar em público" são exemplos de comentários que expressam a reação da população diante da diversidade racial, de gênero, de orientação sexual ou estética.

"O brasileiro não tem consciência de que as coisas que diz demonstram preconceito", afirma Márcia Cavallari, diretora executiva do Ibope Inteligência, responsável por mapear as práticas discriminatórias dos brasileiros em pesquisa inédita realizada em todo o País entre 16 e 21 de setembro deste ano.

O levantamento do Ibope, encomendado pela Ambev-Skol, questionou se os entrevistados têm algum tipo de preconceito. Das 2.002 pessoas abordadas, 17% disseram "sim" e 83%, "não". Em seguida, os pesquisadores apresentaram frases racistas, machistas, homofóbicas e gordofóbicas, e perguntaram se eles já fizeram os comentários.

"Quando perguntamos diretamente se a pessoa tem preconceito, ela acha que não. Mas, quando apresentamos frases preconceituosas, o índice aumenta", diz Márcia. Entre os pesquisados, 73% admitiram ter falado frases como "mulher ao volante, perigo constante", "ela tem cabelo ruim", "isso é coisa de mulherzinha" e "ela é bonita, mas é gordinha", entre outras.

A professora de inglês Lorena Monnerat, de 36 anos, já foi vítima de gordofobia e machismo. "O clássico é ouvirmos: 'Ela é linda de rosto'. Na maioria das vezes, a pessoa não teve intenção consciente de ofender", diz. "É muito chocante. Ela acha que é elogio dizer que, do seu corpo, salva-se o rosto. O preconceito está arraigado."

A pesquisa mostra ainda que, entre os preconceitos velados, o machismo é o mais praticado. Quando questionados sobre os tipos de discriminações mais presenciados, 61% dos entrevistados disseram ter ouvido ou dito um comentário machista.

Mulher

Entre as manifestações mais comuns, lidera a frase "Mulher tem de se dar ao respeito". Para a antropóloga Regina Facchini, do Núcleo de Estudos de Gênero Pagu, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), esse e os outros três comentários ouvidos com mais frequência estão ligados à desigualdade de gênero e têm a sexualidade da mulher como ponto de partida. "É a distinção de mulher para sexo e para casamento. Em tese, uma 'mulher decente' não seria vítima de sexismo. A vítima seria a que não se dá o respeito. Mas os limites não estão muito claros, e qualquer deslize pode fazer a mulher ser rebaixada para o patamar de indecente."

Em seguida, o racismo é o preconceito mais praticado - 46% relataram ter feito ou ouvido uma declaração discriminatória em relação a negros. O universitário Jonathan Vicentt, de 26 anos, sentiu "preconceito velado" dos frequentadores em um shopping de luxo quando entrou com bermuda e regata.

"São olhares atravessados. Havia gente branca de bermuda e regata, e as pessoas não reparavam."

"As discriminações são estruturais, não são manifestadas por atos conscientes. Esses dados podem sugerir saídas para políticas públicas de combate às discriminações", diz Silvio Almeida, doutor em Direito pela Universidade de São Paulo (USP), professor da Universidade Mackenzie e ativista negro.

fonte: Band
Comente aqui:
L.A. Parts Risch Tech Spirubelle Banana Brasil Supermercado Arco Iris Farmácia Amazon Tonin Unimed Simirê Hiper Lojão Aufi Avenida Tintas BlowUp Barateira Casas Bahia Pernambucanas Churrascaria Bpoi de Corte Elle Ella Calçados Havan Magazine Luiza Mult Portas O Boticario O Varejão da Fartura Pane Silvio Salud Shoe Mix Supermercado Ruscito Boni Jau Serve SANGALETTI APE SAO CARLOS Ya San Lual Lanches Mavirre Paris Perfumaria Pinhal Madeiras Consigaz Doces Tiquinho Sorriso Brasil Calafate Tintas Mercadão dos Óculos Mundo das Utilidades Radi Imagem Harmonia Tudo bem Madeireira Expansão Ma-Lu Casa de Carnes Tamoio Javep Unopar Casale Pet Paganelli Acabamentos Scorpios Motel Hiper Saude Lajes Ibaté Sofá Express Academia Smart Fit CIne Bar Agropecuária Zanquim Comercial São Jorge Dona Tabacaria Pizzaria Donatello Paraná Supermercado Acapulco Telhas Santa Hora Lanches Leve Fácil Bebidas Look Otica Maktub Mauro Esthetic Center Optica Magnifica Chá 17 Ervas Centro Otico 2 irmãos Asproauto ADN Construtora Bem Bonita Funilaria R100 Griffe Mania Hortron Componentes Ki Lanchão La Big Pizzaria LI Sim Lingerie Thalimp Tropical Ice Roll Colegio Visão West Brother Paris Perfumaria
top hitz Clube
01

Felipe Araújo

O amor da sua cama

02

Zé Neto e Cristiano

Amigo Taxista

03

Gusttavo Lima e Hungria

Eu vou te buscar

04

Pabllo Vittar e Mateus Carrilho

Corpo Sensual

05

Thiago Brava e Jorge

Dona Maria

06

Simone e Simaria

Regime fechado

07

Sorriso Maroto

Anjos Guardiões de amor

08

Maiara e Maraísa

Bengala e Crochê

09

Major Lazer & Anitta & Pabllo Vittar

Sua cara

10

Marília Mendonça

De quem é a culpa

 

Entre em contato

Avenida Doutor Carlos Botelho, 2140 - Centro, São Carlos - SP, 13560-250
(16) 2106-4356

Veja o mapa de localização
Nossa página no Face
Siga a Clube no Twitter
Siga no Instagram
Acompanhe o Feed de Notícias

(16) 2106-4366
(16) 99700-3365
Sisteam Clube de comunicação
Todos os direitos reservados - Sistema Clube de Comunicação © 2017
an.design :: criação digital