Clube FM 100.5 - Tá na Clube, Tá Legal! | Ribeirão Preto/SP
"Está faltando um pouco mais de empatia", diz comerciante agredida em sorveteria de Campinas
Reprodução/Band

Um vídeo viralizou nas redes sociais nesta quarta-feira, 16, com uma agressão dentro de uma sorveteria de Campinas. Nele, Rodrigo Ferronato se revolta com uma comerciante após uma discussão sobre o uso correto da máscara.

Pollyanna Reis Silva, dona da sorveteria, afirmou que pediu para que o cliente colocasse a máscara cobrindo o nariz. O objeto protege contra o contágio do novo coronavírus e é obrigatório em qualquer estabelecimento público no município, mas estava apenas no queixo.

Depois do cliente ter se recusado a usar a máscara corretamente, a comerciante se recusou a vender o produto – o que casou a revolta em Ferronato. A partir daí, ele começou uma sequência de agressões verbais, chamando Pollyanna de "palhaça", "lixo" e apontando o dedo constantemente.

O cliente também falou uma série de palavrões e ameaças, chutou o balcão e outras coisas na loja. "Está faltando as pessoas terem um pouco mais de empatia. A única coisa que a gente quer é poder continuar trabalhando e conseguir atender todos os nossos clientes. É uma pandemia que está mexendo com todo mundo", disse Pollyanna em entrevista a Catia Fonseca no Melhor da Tarde.

A proprietária fez um boletim de ocorrência contra ele e vai processar o cliente. Em 2019, Rodrigo Ferronato foi condenado pela Justiça Federal de Jaú, interior de São Paulo, a prestação de serviços comunitários e pagamentos de cestas básicas a entidades sociais por ameaça e denunciação caluniosa contra uma médica perita do INSS.

Após a repercussão, Ferronato também fez um vídeo nas redes sociais dizendo que ele é a verdadeira vítima, que ele estava usando a máscara cobrindo nariz e boca e que ele foi agredido por Pollyanna, apesar das gravações demonstrarem o contrário.

Fonte: Band.
Carregando os comentários...
PagoFunk com Gianzito
Belo - Pura Adrenalina
Carregando... - Carregando...